Capitais e Regiões Metropolitanas - 4007-1035

Demais localidades - 0800 603.7100

Violência contra crianças pode deixar sequelas emocionais

a

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), violência é o uso de força física ou poder, em ameaça ou na prática, contra si próprio, outra pessoa ou contra um grupo ou comunidade que resulte ou possa resultar em sofrimento, morte, dano psicológico, desenvolvimento prejudicado ou privação.

Partindo desse aspecto, uma revisão de estudos da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) aponta que a violência provocada contra crianças pode provocar diferentes traumas psíquicos, como comportamento depressivo, baixa autoestima, ansiedade e condutas antissociais, como comportamento desafiador, agressividade e delinquência. Tais sintomas prejudicam, também, a socialização da criança.

Segundo especialistas, não há como saber a maneira que a palmada vai refletir no futuro da criança. Mas, quanto à violência, a vítima tem a tendência de se tornar amedrontada e desenvolver comportamento agressivo, dificultando o relacionamento com demais crianças da mesma faixa etária. As sequelas emocionais dependem da capacidade que em superar obstáculos e se adaptar a diferentes situações.

Um outro problema é que castigos violentos transmitem mensagens contraditórias para as crianças, principalmente nas mais novas, as quais ainda estão desenvolvendo a linguagem e não sabem se expressar muito bem por meio de palavras. Quando o uso da palmada se torna hábito, a criança tende a entender, de forma errônea, que o tapa é uma forma de comunicação usual e que pode ser praticada diante de frustrações podendo substituir o diálogo.

Vale lembrar que a criança é influenciável pelo meio no qual está inserida e pelas atitudes das pessoas responsáveis por sua criação. Com isso, a ajuda de demais familiares, e também da escola, faz uma grande diferença para uma vítima de violência quanto a adaptação a situações adversas e a preservação de sua estabilidade emocional.

Fica a reflexão!

Fonte: Revista Crescer
Imagem: Fotolia

Comunicado Importante


O Grupo Elo Saúde bloqueou temporariamente as adesões pela operadora AMI para todas as entidades devido ao período de renovação do contrato. Durante este intervalo, as inclusões estarão suspensas.


Comunicado Importante


O Grupo Elo Saúde bloqueou temporariamente as adesões pela operadora AMI para todas as entidades devido ao período de renovação do contrato. Durante este intervalo, as inclusões estarão suspensas.


Comunicado Importante


O Grupo Elo Saúde bloqueou temporariamente as adesões pela operadora AMI para todas as entidades devido ao período de renovação do contrato. Durante este intervalo, as inclusões estarão suspensas.


Comunicado Importante


O Grupo Elo Saúde bloqueou temporariamente as adesões pela operadora AMI para todas as entidades devido ao período de renovação do contrato. Durante este intervalo, as inclusões estarão suspensas.


Comunicado Importante


O Grupo Elo Saúde bloqueou temporariamente as adesões pela operadora AMI para todas as entidades devido ao período de renovação do contrato. Durante este intervalo, as inclusões estarão suspensas.


Comunicado Importante


O Grupo Elo Saúde bloqueou temporariamente as adesões pela operadora AMI para todas as entidades devido ao período de renovação do contrato. Durante este intervalo, as inclusões estarão suspensas.